domingo, 29 de janeiro de 2017

DI1F19 e DI1F25 - juros futuros, e daí?

Buenas, galera! Um dos blogs que acompanho bastante é do Rodolfo Oshiro, o Discussão sobre Investimentos:

Costumeiramente, o amigo posta o gráfico do DI1F19, ou seja, o juros futuros para janeiro de 2019. Eu também acompanho o DI1F19 de olho no curto prazo, mas também acompanho o DI1F25 para o longo prazo. Abaixo posto os dois gráficos:
DI1F19
DI1F25
Sim, os dois gráficos são semelhantes. É como se o DI1F25 estivesse deslocado para a esquerda no eixo das abcissas (X) e levemente para cima no eixo das ordenadas (Y). Notem que a partir de janeiro de 2016 tivemos uma queda livre na expectativa de juros futuros, tanto em prazos mais curtos (19) como em prazos mais longos (25).

Em outubro o mercado testou o suporte do DI1F19 na casa dos 11,27 (linha branca) e ao mesmo tempo o suporte do DI1F25 também na casa dos 11,27 (linha azul). Porém, com a eleição de Trump nos EUA o mercado passou a ver mais risco e houve um repique. O DI1F19 chegou a tocar o antigo suporte na faixa dos 12 mas isso serviu como resistência. Já o DI1F25 "ignorou" essas resistências e retornou acima dos suporte dos 11,90 encontrando resistência na faixa dos 12,50.

Entretanto, o movimentos de queda dos juros manteve sua trajetória e, em dezembro, com um pouco menos de medo do governo Trump, inflação mostrando melhoras e tendencia de êxito nas aprovações das medidas do governo o DI1F19 rompeu novamente o suporte de 11,27 (linha branca) e veio testar o o antigo suporte de 10,89 (linha amarela). Por sua vez o DI1F25 furou o fundo de 11,90 e ancorou num antigo suporte (final de 2014) em 11,50 (linha amarela).

Na primeira reunião do COPOM de 2017 tivemos uma posição mais dovish da turma do Ilan, e aí os juros despencaram. O DI1F19 caiu e encontrou suporte na faixa de 10,41 (linha azul) e o DI1F25 ignorou o último teste (11,27 - linha azul) e ficou abaixo desse antigo suporte.

Tá, legal, e daí?

Agora, minha expectativa é que os juros continuem caindo e, assim que o DI1F19 romper definitivamente o suporte de 10,41, acredito que venha a testar os 9,80 (linha verde) e os 8,70 (linha rosa). Já o DI1F25 caminha para testar o último suporte em 10,77 (linha verde) depois vai escrever sua própria história, mas acredito em barreiras próximo aos 10 e aos 9, ou seja, os mesmos suportes do DI1F19 + um pequeno prêmio por ser uma projeção mais longa. Obviamente que repiques podem e devem ocorrer, essa trajetória não é linear...

Tá, legal, e daí?

E daí que como o mercado de juros, via de regra, caminha inversamente ao mercado de ações e imóveis, espero que o apreçamento dos ativos de risco continuem, ou seja, espero que bolsa e FIIs continuem subindo. Por isso, há alguns meses resolvi aumentar um pouco minha exposição em ações e FIIs e reduzir minha exposição em renda fixa.

Também espero maior rentabilidade nos títulos pré-fixados, indexados ou não (TD-Pré e TD-IPCA). Mas não pretendo comprar esses títulos agora, e sim penso em ficar de olho para realizar os lucros. Meu investimento foi nos indexados ao IPCA (TD IPCA+35) e aguardo que as taxas caiam para patamares próximo ao 4,5 para iniciar a colheita.

Bom, isso é o que eu espero, mas se vai ocorrer ou não, só o Sr. Mercado vai dizer. Então, convido você a seguir nossa estratégia de investimentos, ou seja, eu a minha e você a sua... não sou profissional habilitado a recomendar investimentos e, meu intuito aqui, é apenas criar aqui um canal de discussão.

Sonzinho... tem também. Hoje tirei um pouco de teia de aranha... achei um clipe de 1991 Mucky Pup (Hippies Hate Water)

20 comentários:

  1. Amigo, adiciona hudsonpfigueiredo@gmail.com para receber suas postagens.

    ResponderExcluir
  2. IPV, sempre bom ficar de olho nos juros futuros. É bom lembrar que o mercado costuma precificar antecipadamente. Então, como todos esperam uma queda nos juros, pode ser que os ativos (ações e FIIs) não estejam longe do preço final, a não ser que haja excesso de otimismo no mercado. Resta a nós investir em empresas boas, imóveis de qualidade e RF de risco conhecido para aumentar nosso patrimônio. Parabéns pelo texto.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Sequoia! Sim, você está correto. Quanto o mercado já precificou dessa queda não sabemos. Acredito que, num cenário otimista, ainda teremos uma apreciação de ações e FIIs pela queda de juro, mas esta queda não será eterna. Então, a atratividade desses ativos vai depender da melhora da atividade econômica.

      Num cenário pessimista vejo a desaceleração Chinesa, política interna e efeitos do governo Trump (inflação e estabilidade) como principais drivers. Não tenho como trabalhar esse cenário, por isso mantenho-me posicionado de forma mais conservadora como você comenta, mas levando alguns itens de maior risco para tentar um retorno melhor.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  3. Buenas IV,

    Alguns operam FIIs baseados na curva de juros 2019, eu como sou B&H nao olho tanto este indicador, apesar de saber que ele abaixando me ajuda nos FIIs e nas construcoes.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, VDC! Também não uso para compras de FIIs (pelo menos por hora), mas estou reavaliando a carteira de tempos em tempos por eles. Mais por curiosidade do que por uma expectativa de um melhor resultado - minha posição é muito pequena por hora.

      Agora, no TD eu tenho tido um bom resultado seguindo os gráficos de DI.

      Valeu, abraço e sucesso!

      Excluir
  4. Fala meu amigo!

    Parabens pelo blog!
    Me tira uma duvida, esse indicador é obtido como, você sabe dizer?

    abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Turista! Obrigado pela visita!

      Esses gráficos eu tenho no home broke. Não sei qual a corretora que você usa, mas deve ter algo similar também.

      Precisando de ajuda, entra em contato, se puder ajudo você.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
    2. Entedi! Realmente, não sabia onde encontrar, vou dar uma olhada sim! muito obrigado!

      Excluir
  5. Não acompanho muito não, mas veja uma historia de quem ficou milionário trabalhando estes movimentos...
    https://www.youtube.com/watch?v=VJKvt8Mtj-g

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Uó! Vou ver o vídeo sim.

      Valeu, abraco e sucesso!

      Excluir
    2. Ilustre Uo,

      Vou ver o video também.. rs ..

      Abs,

      Excluir
  6. IV,

    Obrigado pela citação hehehe ...

    Eu acho bacana acompanhar, até porque como já te disse, a longo prazo, todos esses investimentos são correlacionados... curva de juros futuro pra baixo, normalmente joga fiis e a bolsa pra cima ...

    Note que o mercado ainda não comprou essa história de 9% de juros ... nenhuma das curvas futuras está a baixo de 10,43. E se olhar os vencimentos até 2030, vai ver que a curva faz um ponto de inflexão em 2019 e depois disso é levemente pra cima ..

    Acho que uma das coisas importantes de acompanhar, é o "formato" das curvas de curto/médio/longo ..

    Abs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Oshiro! Realmente acompanho a maioria das suas postagens - também tenho algumas fraldas para trocar então o tempo encurta mais ainda kkkk.

      Também acho interessante acompanhar os gráficos. Nos meus investimentos estão servindo para gestão da carteira, ou seja, direcionamento dos novos aportes RF, RV ou USD.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  7. Você faz analise gráfica só da tendencia, ou é tipo completa igual seria com ações, digo, baseado em resistencias, indicadores e etc?
    Só fique curioso, obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Jonas! Nesse caso, como é clara a tendência de baixa a partir de jan/16 avaliei os suportes. Num eventual repique ou numa reversão de tendência eles, provavelmente, passariam a funcionar como resistências.

      Além de suportes e resistências gosto de olhar as Médias Móveis (aí cada um tem suas preferidas), volume (mas no caso do mercado de juros, não vejo muita relevância) e o difusor de fluxo para reversão de tendência. Basicamente sigo o André Moraes.

      Para mim, o principal é gerenciar risco, ou seja, saber quanto posso perder. Aí sugiro a leitura desse post do Investidor de Risco:
      http://investidorderisco.blogspot.com.br/2015/11/por-tras-da-regra-numero-1.html

      Em ações, até fiz alguns swing trades com relativo sucesso, mas tenho preferência de posicionamento de longo prazo, então uso a análise técnica para evitar me posicionar num ativo em tendência de baixa.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  8. Fala IpV!

    Realmente o DI Futuro é uma boa maneira de ancorar expectativas em relação a outros mercados. E o melhor é que ele é mais previsível. As técnicas de análise gráfica continuam valendo, porém de antemão temos uma boa noção de pra onde ele vai... Claro que há ruídos e bastante volatilidade no curto prazo... Mas é possível antecipar com um grande grau de acerto a direção de médio e longo prazo...

    Valeu!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, IR! Concordo plenamente. Como gosto de posicionamento de longo prazo, busco apenas uma tendência para uma gestão macro da carteira, e não uma precisão no timming.

      Para mim, um exemplo de que isso vale a pena, é sua estratégia mista do TD!

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  9. Fala IPV.
    sou novo na área e vou começar acompanhar seus investimentos para aprender um pouco.

    http://escolhienriquecer.blogspot.com.br/

    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, EE! Seja bem vindo! Tamo junto!

      Abraço e sucesso!!!

      Excluir