terça-feira, 16 de maio de 2017

Juros Futuros - em queda aguardando a reunião da turma do Ilan

Buenas Galera! Faz algum tempo que não falo mais sobre os juros futuros, mas estamos numa época de expectativa da nova taxa de juros básicos definido pelo COPOM e o tema está na pauta - o último post foi este.

Inflação abaixo das expectativas, recessão e queda no risco país pavimentam a estrada ladeira abaixo para os juros futuros que, ao meu ver, devem continuar seu movimento de baixa - bolsa e títulos pré-fixados agradecem!

Gosto de rever o que escrevi no passado e comparar com a atualidade. Na época escrevi que esperava que o DI1F19 perdendo o suporte de 9,80 (linha verde) caminharia rumo aos 8,70 (linha rosa) com um possível suporte na região de 9,20 (linha amarela). Esse suporte de 9,20 se concretizou levemente acima (por volta de 9,30), o que considero bem aceitável. Agora espero que o DI1F19 permaneça na região de 8,70 pelo menos até a próxima reunião do COPOM. A partir daí não existem mais suportes gráficos, mas não acredito em uma queda muito acentuada, uma vez que hoje o mercado projeta uma Selic na faixa de 8,20 (média) para o final de 2018.

Bom, mas para quem está posicionado em TD-IPCA ou TD-Pré o mais importante não é o DI1F19 e sim o DI1F25. Isso porque 2019 está logo aí e os movimentos não refletem mudanças significativas nos preços desses títulos. Por outro lado, o DI1F25 já trás uma curva mais longa e impactos maiores nos valores dos títulos - no meu caso, o TD-IPCA35. Esse gráfico é mais influenciado pela instabilidade política e econômica, trazendo mais volatilidade à curva. Isso explica o repique no final de abril, por exemplo.

O andamento das reformas e o julgamento da chapa Dilma-Temer devem trazer volatilidade. A aprovação das reformas e a manutenção do presidente devem confirmar o rompimento do suporte atual (10,05 - linha pontilhada branca). Como escrevi no post anterior, esse DI não tem mais suportes e deve criar seus novos pontos de suportes e resistências, mas acredito em um suporte na faixa de 9,45 (linha pontilhada laranja)... vamos ver!

11 comentários:

  1. Olá IpV,
    Se a inflação ficar baixa isso é muito bom. Ainda mais se o nosso patrimônio aumentar.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Cowboy! Inflação baixa é excelente, principalmente para a camada mais pobre - só a esquerda não enxerga isso!!!

      Quanto ao patrimônio, eu sempre foco em aumento real, ou seja, acima da inflação, por isso gosto tanto de TD-IPCA.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  2. Mas será que vão manter o Temer? Eu tô bem por fora...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Madruga! A princípio, o julgamento da chapa será retomado dia 06/jun.

      Eu acho (e espero) que mantenham o Temer aonde está - não vejo vantagem nenhuma numa queda dele. Mesmo que isso ocorra, pelo que sei, passado os dois anos do mandato, a eleição deve ser indireta e, caso ele mantenha os direitos políticos ele ainda poderia ser reconduzido ao cargo pelo congresso, mas passaríamos por semanas de incertezas desnecessárias.

      Acho que no fim vem um acordo e ele fica na boa, assim espero!

      Abraço e sucesso!!!

      Excluir
    2. Isso foi antes da denuncia da JBS. Agora o bicho pega e eu acho que a chapa pode ser cassada. Bagunça, incertezas e volatilidade por aí!!!

      Excluir
  3. IV,

    Depois da loucura ... mercado está com a aposta entre 0,5 e 0,75 .. mais pra 0,5 .. no auge da animação falaram até em 1,25% hehehe ..

    Abs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beunas, Oshiro! Tava indo tão bem... kkkk!

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  4. IpV, excelente Post!
    Parabéns!


    Acabei de atualizar o blog, dá uma passada lá
    https://funcionariopublicoinvestidor.blogspot.com.br

    Abc

    ResponderExcluir
  5. Respostas
    1. Buenas, papapa! Não opero juros, apenas acompanho para aportes e resgates no Tesouro Direto e distribuição da carteira.

      Abraço e sucesso!

      Excluir