sábado, 5 de agosto de 2017

Fechamento de Julho/17 -

Sinto que o crescimento do mês
passado foi fogo de palha...
Buenas, galera! Esse mês voltamos à ciranda de sempre... sem crescimento na carteira financeira, mas também quase sem queda. Um encolhimento de 0,07% - estável. Pois é, minha via crucis deve seguir por mais dois meses.

Então vamos ao desempenho:

A CARTEIRA FINANCEIRA diminuiu 0,07%a CARTEIRA GLOBAL avançou 1,5%. Em 2017 o crescimento foi 7,6% para a Financeira e 18,1% para a Global. Abaixo seguem os comparativos da Carteira Financeira frente aos principais indicadores e a atual distribuição das carteiras (Financeira e Global).

Aporte? Não esse mês! Novamente draguei a carteira financeira, mas o dinheiro não desapareceu. Virou mais um pedaço de terra. Embora sem valores, o gráfico aportes mostra que a classe mais castigada nesse mês foi a de Outras Rendas Fixas, enquanto que o TD recebeu um pouco da mascada. Ações também cederam capital e FIIs receberam um leve aporte. No total, o desfalque foi significativo. Apenas as doletas permaneceram sem aporte nem retiradas.

Perdas e Ganhos



A carteira teve uma valorização interessante de 1,83%. Continua superando o CDI, IFIX, Poupança, Dólar e IPCA. Neste mês ficou para trás apenas do Ibovespa.

Ações valorizaram 4,44% no mês, levemente abaixo do Ibovespa (4,80%). Os destaques do mês foram BBAS3 e HGTX3 e, na ponta negativa, TUPY3 foi a única ação com queda na carteira.

FIIs valorizaram 0,30% que, embora baixo, performou melhor que o IFIX (-0,39%). O destaque do mês foi a queda de BRCR11.

Outras Rendas Fixas valorizaram 0,99% contra 0,80% do CDI, em linha com os demais meses.

Tesouro Direto após dois meses no marasmo, voltou a turbinar e encerrou julho com valorização de 2,74%. O TD-IPCA+35 que vinha afetando negativamente os resultados dos últimos dois meses, subiu 4,69% em julho dando uma boa ajuda na carteira

Reserva Cambial seguiu a queda do dólar no mercado e ficou negativa em 4,76%. No entanto caiu menos que o Dólar Comercial (-5,92%).

Bola de Cristal


Quem sabe teremos alguns momentos de tranquilidade. Será? No final de junho não via um cenário muito positivo, mas a condenação de Lula e a força do governo deram um ânimo ao mercado.

No entanto não vejo nenhum desses fatos como algo duradouro. A condenação de Lula foi em primeira instância e pode ser revertida ou não ratificada pela segunda instância até o pleito de 2018. De concreto deu a ele um motivo claro para candidatar-se: foro privilegiado.

A força de Temer... salvou o pescoço dele, mas não sei se terá força para seguir com as reformas, em especial a da previdência. Tomara que sim e que não saia muito caro. Eu preferia o Maia no lugar dele nesse momento, mas vamos em frente.

Ações: parecia que a consolidação iria romper para baixo, mas vieram boas novas e as ações decolaram. Em especial as estatais que ainda estavam mais atrás na recuperação. Claro, isso tudo tem influência no curto prazo, no longo prazo tanto faz. O foco é boas empresas e aportar constantemente. No meu caso, só manutenção até retomar o poder de aporte.

FIIs: continuo acreditando na resiliência deles, embora parece que estão mostrando esgotamento. Acho que o fim do ciclo de queda dos juros pode trazer uma realização nos papéis.

Juros: a queda de 100 bps foi concretizada em 25 e 26/07. Por hora acredito que teremos mais um corte igual em setembro. Vamos ver se os TDs indexados cedem um pouco mais pois quero realizar o lucro de alguns títulos...

Dólar: caiu forte em Julho ao perder os 3,20 e acredito que vai enroscar na casa dos 3,10. Continuo sem aportar.

Som de hoje: Megadeth - Holy Wars

10 comentários:

  1. O pessoal reclama dos políticos mas eu não ligo muito. Eu nunca voto em ninguém, pois no Brasil não há políticos sérios salvo raras exceções que não podem fazer nada. Aqui quem manda é a maioria. Desde de a Dilmanta já quase dobrei meu dinheiro no tesouro 35 e agora estou forte no tesouro 45 o Conde Drácula me ajudou muito. Se todo brasileiro fizesse o que nós fazemos o Brasil seria sério, pois bastaria um erro para levar o país à falência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, PdC! Sou adepto da máxima de que cada povo tem o governo que merece. O brasileiro (em geral) adora levar vantagem em tudo, sonegando impostos, comprando produtos piratas, roubando sinal de TV por assinatura, colocando valores a maior em notas para reembolso, achando grande vantagem quando recebe o troco a mais, desrespeitando contratos, etc. Então, na minha opinião, o governo é o espelho do povo... nada mais, nada menos!

      Quanto ao voto, também não voto em ninguém ha muito tempo. Isso, para mim, é triste pois não vejo em nenhuma ala alguém que represente meus princípios e ideais. Paciência!!!

      Parabéns pelo seu rendimento em TD-IPCA. Também acho um bom investimento!

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  2. Carteira bem diversificada, seguindo com boa rentabilidade

    Abraço e bons investimentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, DI&L! Vamos seguindo. Diversificar e aportar...

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  3. Olá IpV,

    Essa alta na carteira foi boa. Os meus fii estão no negativo. Também tenho esse que você citou.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Cowboy! O negativo faz parte... é a única certeza da renda variável é que em um momento vamos estar no negativo. Mas vamos seguindo, pode ser apenas oportunidade!

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  4. Estou há tempos estudando sobre FIIs e agora entra um péssimo momento para eles... rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, SP! Cara, o IFIX está no topo histórico... acredito que tem muito investidor/trader trocando FII por ação e também alguns já saindo antes do final do ciclo de baixa da Selic.

      Eu, provavelmente, vou manter minha carteira, mesmo na queda.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  5. Fala IpV, vamos com força meu caro.
    Bora retomar esses aportes ai,
    não entendi essa história de "(...) o dinheiro não desapareceu. Virou mais um pedaço de terra." Tu ta comprando uns terrenos?
    Abc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas FPI! Os aportes na carteira financeira devem retornar em setembro ou outubro. Pois paguei a última parcela da terra agora em agosto e o próximo investimento é no plantio.

      Não comprei terrenos, comprei um sítio para cultivo de eucaliptos. Posso plantar milho e soja também, pois tem boa parte mecanizada, mas gosto mais de investimentos de longo prazo, por isso vou no reflorestamento mesmo.

      Abraço e sucesso!

      Excluir