sábado, 29 de julho de 2017

DIs longos flertando com o patamar pré-Joesley

Buenas, galera! Um post rápido apenas para atualizar o comportamento dos juros futuros.

Na última postagem havia comentado que os DI1F19 já havia retornado ao patamar pré-crise, enquanto que o DI1F25 ainda estava sobre uma resistência e que, assim que rompida poderia tomar trajetória até a faixa de 10,00. Isso ocorreu na semana seguinte com o mercado acreditando no corte dos juros pelo COPOM.
1. O gráfico verde e vermelho é o DI1F19 e o azul e rosa o DI1F25
2. No dia 17/05 marcado pelas setas verdes os DIs estavam em ancorados nos suportes de 8,70 (DI1F19) e 10,00 (DI1F25) e, no dia seguinte, subiram na faixa de 130-150 bps.
3. O DI1F25 encontrava-se sobre o suporte na região dos 10,60. Logo depois da linha pontilhada do retângulo da consolidação ele rompeu a consolidação e passou pela antiga resistência dos 10,41 vindo testar os 10,00.
4. Depois desse movimento acredito que ele permaneça testando os 10,00 por um tempo antes de romper e cair em direção aos 9,60 e, depois, 9,20. Vale lembrar que as incertezas políticas afetam muito a curva desse DI.
5. O DI1F19 também caiu e com mais vontade. Isso porque as incertezas o afetam menos, uma vez que tem prazo curto. Não vejo muito mais espaço para queda no DI1F19 que deve acompanhar a expectativa da Selic para o final de 2018. Como já está em 8,00/8,10 pode cair quanto mais? 50, 100 bps? Será que teremos Selic abaixo de 7,5 ou 7? Temos que aguardar, mas eu considero 7,5.

Quanto ao Tesouro Direto, como esperado o TD-IPCA+19 caiu forte acompanhando a curva do DI19. O mesmo podemos falar sobre o TD-Pré+23 que retornou ao patamar pré-Joesley.

Já os TD-IPCA+24, TD-IPCA+35 e TD-IPCA+45 estão mais céticos e guardando um pouco de incerteza.
Pré23 -5pp: TD-Préfixado venc. 2023 com 5 pontos percentuais a menos
Fiz isso para ficar mais fácil de visualizar no gráfico
Para facilitar, tracei linhas horizontais partindo do ponto em que estavam as taxas dos TDs no dia 17/05.
TD-IPCA+19: linha mais baixa - está na cota de 4,60
TD-Pré+23: próxima linha - está na cota de 5,03 (portanto o valor correto é 10,03)
TD-IPCA+24/35/45: logo acima da linha do TD-Pré+23 - está na cota de 5,10

Sendo assim, continuo aguardando o TD-IPCA+35 chegar ao patamar pré-crise para trocar um pouco desse título para TD-Selic23.

2 comentários:

  1. Olá IpV,

    Tenho acompanhado de perto esse movimento com a espectativa de começar a realização parcial do meu TD pré e ipca+.
    Mas o mercado está bem receoso do noticiário político-policial e as DI futuras não precificam a queda de juros já dada como certa pelos especialistas consultados pelo boletim focus.
    Continuo esperando...
    Sucesso nos investimentos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, JI! Os DIs curtos precificaram e o TD-IPCA+19 acompanhou. Já os longos (DI1F25) ainda estão céticos, mas retornaram aos níveis pré-delação.

      Minha 'frustração' é que o TD-IPCA+35 (24 e 45 também) ainda estão sensivelmente acima do nível de 17/05. O TD-Pré+23, ao menos, acompanhou a curva do DI.

      Vamos ver, essa semana o Congresso e o STF retornam... o jogo recomeça!

      Abraço e sucesso!

      Excluir