domingo, 2 de julho de 2017

Fechamento Junho/17 - de volta ao crescimento! Medalha, Medalha, Medalha!

Buenas, galera! Esse mês foi incrível. Eu estava aguardando uma nova queda na carteira financeira, mas eis que para minha grata surpresa, tive uma pequena evolução de 0,55%. Como desde fevereiro não via esse número positivo, isso foi ótimo! Outro fato que me alegrou é que, após três meses de retiradas, esse mês tive aporte na carteira. Foi pouco, 0,41% sobre o saldo do mês passado, mas também é animador.

Como ainda tenho três meses de investimento forte no projeto do reflorestamento, estou ciente que os números podem voltar ao negativo nos próximos fechamentos.

Então vamos ao desempenho:

A CARTEIRA FINANCEIRA cresceu 0,55% e a CARTEIRA GLOBAL avançou 1,8%. Nos seis meses de 2017 o crescimento foi 7,7% para a Financeira e 16,3% para a Global. Abaixo segue os comparativos da Carteira Financeira frente aos principais indicadores e a atual distribuição das carteiras (Financeira e Global)




Em Maio, não fui muito feliz em aportar em ações, pois comprei antes do dia 18 - paciência! Mesmo entendendo que tudo pode mudar a qualquer hora, optei por diminuir a exposição em ações e manter mais recursos na renda fixa. Gostaria de estar fazendo o contrário, porém os compromissos assumidos não permitem.

Perdas e Ganhos


A carteira teve uma valorização de 0,14%. Continua perdendo para todos os benchmarks, inclusive para a poupança, mas nesse mês ganhou da grana que ficou na carteira.

Ações, novamente tiveram o pior desempenho do mês, caindo 1,14% e perdendo para o Ibovespa que valorizou 0,30% em Junho. ESTC3 foi a ação que mais impactou negativamente o resultado, enquanto que CVCB3 foi a que teve o melhor desempenho.

FIIs valorizaram 0,64% e perdeu para o IFIX (+0,85%). O destaque do mês foi FIGS11 que valorizou 14,54%. Nesse mês aumentei a posição em RNGO11 e inclui SDIL11 na carteira.

Outras Rendas Fixas valorizaram 1,08% contra 0,81% do CDI, e nesse mês foi a melhor rentabilidade da carteira.

Tesouro Direto novamente ficou estável, com valorização de 0,01%. Novamente a ponta negativa foi o TD-IPCA35 com queda de 0,94%, enquanto que os pós-fixados tiveram o melhor desempenho. Achei estranho o descasamento das rentabilidades dos pré-fixados, onde os títulos com cupom tiveram queda acentuada enquanto que os sem cupons tiveram uma boa rentabilidade. Acredito que o extrato esteja considerando o pagamento dos cupons que ocorrem no primeiro dia útil de julho. Se for isso mesmo, em poucos dias essa distorção corrige. 

Reserva Cambial embora o dólar comercial tenha valorizado 2,41% no mês, minha reserva cambial apresentou queda de 0,40%.

Bola de Cristal


Não vejo muita novidade no ar... incertezas e incertezas. O ambiente externo arrefeceu e o interno parece estar caminhando para um acordão.

Posso estar errado, mas acredito que a pizza está assando. STF baixou a guarda, a amnésia seletiva toma conta dos investigados, o pleito de 2018 já está correndo... e as reformas? Se sair a trabalhista sem muita descaracterização, já considero lucro.

Lula 2018? Acho que mesmo sem condenação ele não se candidata, ou entra na corrida sem muita vontade. Vamos aos fatos: governar com dinheiro é bom, governar sem dinheiro é o problema. De todos os defeitos que vejo nele, a falta de esperteza não é um deles.


Ações: até o final de junho via o cenário consolidado. Acredito que o viés de baixa deve prevalecer, mas o que acho e o que vai acontecer nem sempre convergem.

FIIs: continuo acreditando na resiliência deles.

Juros: continuo acreditando na queda. Recessão e baixa inflação devem pressionar a próxima reunião do COPOM em 25 e 26/07. Imagino um novo corte de 100 bps na taxa Selic.

Dólar: mostrou força em Junho e encostou em 3,35 - acima da zona de estabilidade que eu considerava (3,20 - 3,30). Continuo sem aportar.

Clipe de hoje: Wild Flower (The Cult)

22 comentários:

  1. IPV, segue firme e forte com o plano. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Sequoia! Sim, firme e forte. Temos que acreditar.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  2. Fala IV,

    Boa hein!

    Eu sempre penso em voltar Às ações, mas, sei lá, acho que já tenho muitos riscos em FIIs.

    Acho uma boa seguir firme na renda fixa ou fiis apenas, ainda mais por você estar investindo num outro projeto.

    Um abraço e excelente mês pra você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, VDC! Meu foco agora é pagar o investimento, quanto aos aportes, tenho buscado reinvestir os proventos dos FIIs em FIIs e, se sobrar algum valor do mês, colocar na renda fixa.

      Quanto as ações, eu tenho encarado legal a volatilidade. Até tenho um certo arrependimento em não comprar agora que teve essa queda, mas não dá para brincar com a dívida, então melhor perder uma oportunidade do que dar o passo maior que a perna.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  3. Excelente IpV!
    Um aporte da sempre uma animada nas coisas...
    Sigamos fortes. Tenho esperança que pra 2030 essa crise política e moral do país comece a gerar efeitos positivos e, assim, possamos colher frutos dos investimentos realizados.
    Abc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, FPI! Tomara que as coisas mudem, embora eu seja bastante cético. Mas temos que ir fazendo a nossa parte, poupando, investindo e sendo honestos.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  4. Onde vc pega o % do ifix do mês?
    Quantos imóveis vc tem na carteira?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Anônimo! Quanto ao IFIX eu pedo no Valor Econômico. Meus imóveis são terrenos e um sítio. Pouca coisa, ainda não geram renda.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  5. Olá IpV.
    Parabéns pelo desempenho na carteira.
    Como anda a fazenda?

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Cowboy! A fazenda do vizinho tá bonita kkkkk!

      Por hora, a terra é só despesa, ainda faltam duas prestações e, se tudo der certo (tempo e preparo da terra) começo o plantio em setembro. Estou estudando o mercado para saber qual variedade plantar - eu estava inclinado a focar em madeira para serraria, mas estou avaliando.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  6. Também não sei se o Lula se candidata. É preciso maioria no congresso pra conseguir presidir o país, coisa que ele não tem.

    Essas eleições de 2018 serão bem curiosas. A forma como rolou o Caixa 2 nas eleições passadas foi mais ou menos desvendada, então o candidato vai ter que ter muita coragem pra financiar campanha com Caixa 2 a partir de 2018.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Madruga! "É preciso maioria no congresso pra conseguir presidir o país, coisa que ele não tem." Isso é difícil para qualquer um. Por isso entendo que mais que um bom presidente, é preciso de um bom congresso.

      Mas, façamos nossa parte, poupar e investir.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  7. IV,

    Acabei de apurar o resultado de junho, ruim -2,19, levei uma pancada em WIZ rs ...

    Espero que dias melhores venham ... bom, se não vierem, depois do dia 18 eu já enchi a carteira de hedge rs ...

    Abs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Oshiro! Com seu histórico, essa queda é só um ponto fora da curva.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  8. Grande amigo! Como falei em meu post anterior:"depois da tempestade vem a bonança". Como vc pode ver, logo depois os ativos vao se estabilizando, nos dando mais oportunidades de comprar mais barato.

    Parabens pela rentabilidade.

    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Marujo! Lamento não poder aportar no momento. Como foco o longo prazo, sempre vejo as quedas como oportunidades.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  9. Buenas IpV, ver a carteira crescendo é sempre bom, parabéns! Melhor ainda seria se a renda passiva dos FIIs acompanhassem mas dai seria pedir demais ne kkk

    abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Gaúcho! Uma pena que as cotas dos FIIs dispararam antes de poder comprar mais. Mas mesmo assim, vou comprando um pouco por mês.

      Estou lendo suas postagens sobre os FIIs. Estão bem legais.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  10. Parabéns por ter realizado aporte esse mês.
    Quanto à retirada dos meses anteriores, foram situações já previstas (compra de algo de maior valor, por exemplo) ?
    Caso negativo, não possui um colchão de segurança para emergências de curto prazo?

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, IP! Valeu!

      Sim, a retirada estava prevista. Na verdade, estou investindo em uma terra agrícola, então apenas mudou o bolso, mas a calça é a mesma.

      Quanto a reserva, também tenho. Via de regra, cobre mais de doze meses meus custos normais.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
  11. Boa noite; em primeiro lugar, parabéns pelo blog, gostei das suas análises. Sou investidor de primeira viagem. Mês passado tomei a decisão de diversificar e sair do Banco do Brasil, onde estava toda minha grana.

    Por enquanto aportei em títulos do tesouro e renda fixa (CDBs e LCA).

    Tenho estudado FII e tô estupefato com o desempenho desses fundos nos últimos 12 meses. Os imóveis tão com preços congelados há uns 2 anos. Imóveis desocupados pra todo lado. Em fevereiro deste ano renegociei meu aluguel para baixo.

    O IGP-M e o IPCA derretendo. O acumulado de 12 meses do IGP-M tá negativo!

    Como é que esses fundos conseguem valorização das cotas? O gráfico do IFIX dos últimos 12 meses deu uma surra no IBOVESPA.

    Qualé a mágica?

    abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas, Cerebellum! Obrigado pela visita. Vamos lá, mas sabe aquela frase de para-choque: não me siga porque também estou perdido? Serve para as minhas opiniões também - kkkk!

      Eu comecei a investir de forma mais estruturada em 2015. Foquei Tesouro Direto e FIIs. A carteira de TD está com 141% do CDI, a carteira de FIIs não avaliei.

      "Como é que esses fundos conseguem valorização das cotas? O gráfico do IFIX dos últimos 12 meses deu uma surra no IBOVESPA." O mercado antecipa tudo, então saímos de uma percepção de terra arrasada para euforia. No caso específico dos FIIs, o driver mais importante é a taxa de juros. Como você comentou, inflação está caindo fortemente, então, não há porque manter a taxa de juros elevada. O mercado precifica(ou) taxas em queda. Veja que nem a delação da JBS abalou o IFIX, teve a queda normal no dia 18/05 e já está no mesmo patamar de antes. Quando um novo ciclo de alta na Selic estiver para ocorrer é bem provável que as cotações dos FIIs caiam.

      Amigo, bons estudos e bons investimentos.

      Abraço e sucesso!

      Excluir